Notícias

    Mudanças de comportamento e na forma de consumir mídia durante a quarentena indicam novas tendências

    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on telegram
    Share on whatsapp
    Share on email
    Share on print

    Dados são do Target Group Index Flash Pandemic, que compila as principais mudanças de comportamento nos principais mercados brasileiros e da América Latina

    São Paulo, 10 de julho de 2020 – Desde o início da pandemia, a Kantar IBOPE Media tem acompanhado de perto as principais mudanças de comportamento do consumidor brasileiro. “Para compreender ainda mais o consumo e o sentimento das pessoas neste momento tão único, realizamos entre abril e maio uma onda online especial do Target Group Index nos principais mercados do país e em outros seis países da América Latina. O Target Group Index Flash Pandemic traz uma visão detalhada sobre as opiniões e atitudes dos consumidores durante a pandemia do novo coronavírus. Por exemplo, dois fatores que alteram bastante o comportamento das pessoas são o nível de isolamento e se a pessoa trabalha ou não fora de casa, perfis que foram incluídos nesta onda especial”, explica Melissa Vogel, CEO da Kantar IBOPE Media no Brasil.

    O levantamento indica que a maioria das pessoas ficou em casa, saindo apenas para algumas atividades essenciais (ir ao mercado, farmácia etc.), embora essa situação não seja homogênea pelo país. De modo geral, 12% das pessoas afirmaram não sair de casa para nada, 68% saíram apenas para atividades essenciais e 20% das pessoas continuaram saindo normalmente para trabalhar.

    Perfis na Pandemia

    Quando olhamos para o público que não saiu do isolamento para nada, vemos que é composto em sua maioria por mulheres (54%). São também os mais jovens (30% tem entre 16 e 24 anos) e os mais velhos (13% entre 65 e 75 anos). Essas pessoas são as mais preocupadas com o que vai acontecer no futuro (79%).

    Dos 67% que declaram sair de casa apenas para atividades essenciais, 35% trabalham e 33% não trabalham. “O grupo de pessoas que ficou em isolamento, mas saiu para algumas atividades essenciais e que não trabalha tem um perfil demográfico semelhante com o grupo que não sai de casa, mas apresenta um comportamento diferente, o que demonstra a importância em fazer análises comportamentais em vez de apenas demográficas. Quando olhamos para o sentimento, é um grupo mais otimista e confiante. É o grupo que mais acredita que a economia vai se recuperar depois da pandemia, com 36% confiantes na retomada econômica”, explica Melissa. Esse grupo consome mais os meios de forma tradicional, mas também passa bastante tempo em redes sociais, sendo o grupo que mais compartilha notícias sem checar fontes (10% contra 5% na população).

    Já o grupo de pessoas em isolamento que saem para atividades essenciais e que trabalham tem um perfil completamente distinto. É o maior grupo entre os analisados e é majoritariamente composto por homens, entre 25 a 44 anos, e mais da metade está preocupada em perder o emprego (55%). É o grupo que mais valoriza a informação para enfrentar a crise (35%), sendo o grupo que mais está consumindo diferentes meios, como a TV por assinatura. “Durante a pandemia, este grupo aumentou o consumo de sites em geral e VOD. O uso de redes sociais é constante, mas com menor intensidade do que os outros grupos”, comenta Melissa.

    Quando olhamos para o grupo que continuou saindo para trabalhar, composto em sua maioria por homens (65%), notamos que são os que mais concordam com a necessidade de estar pronto e enfrentar a situação (12%). Como a sua rotina não mudou radicalmente, eles mantiveram muitos hábitos inalterados – como o consumo de mídia.

    Consumo e comportamento de mídia

    Esses novos comportamentos acarretaram diversas mudanças. De modo geral, a pandemia fez com que mais pessoas ficassem mais tempo dentro de casa e isso impactou diretamente na forma como os meios são consumidos. “A pandemia foi um momento no qual as pessoas passaram a experimentar mais com o digital. Vimos isso no consumo de TV online, no VOD, no streaming de rádio, nas redes sociais e podcasts. O Target Group Index Flash Pandemic mostra que 56% das pessoas afirmaram que passaram a adotar melhor a tecnologia ao longo do dia a dia”, explica a CEO. De acordo com o levantamento, 66% dos entrevistados declararam ver mais vídeos online (gratuitos), 56% viram mais vídeo sob demanda (pago) e 56% disseram que a crise os incentivou a usar plataformas de vídeo chamadas – indicando que alguns dos nossos comportamentos estão cada vez mais digitais.

    O Target Group Index Flash Pandemic foi realizado online, com 3 mil respondentes de 16 a 75 anos no Brasil, entre os dias 20 de abril e 07 de maio de 2020.

    teste

    Compliance

    A Kantar IBOPE Media disponibiliza um canal de comunicação direto para aqueles que buscam informações ou orientação a respeito do Código de Conduta, políticas e procedimentos da empresa ou que desejam informar uma situação de risco ou potencial não conformidade com as políticas da empresa, regulamentos ou valores.

    O Compliance está disponível para todos os colaboradores, fornecedores, clientes e comunidade com a garantia do anonimato, sigilo e sem qualquer tipo de retaliação.

    Verificação de denúncias

    A partir da denúncia de suspeita de não conformidade, a área de Integridade Corporativa efetuará as investigações necessárias, identificando inicialmente se as alegações são verídicas ou não. Caso seja apurada alguma violação, a Kantar IBOPE Media tomará as medidas apropriadas para corrigir a não conformidade.

    Para falar com o Compliance entre em contato pelo e-mail compliancebrasil@kantar.com ou acesse o Right To Speak: https://secure.ethicspoint.eu/domain/media/pt/gui/106217/index.html

    teste

    Privacidade

    Você está fazendo a solicitação em nome de terceiro sob a sua responsabilidade (ex: menor de idade)?*
    Qual a melhor forma de entrarmos em contato com você para confirmar sua solicitação ou esclarecer qualquer dúvida?*
    Qual foi a forma da realização da pesquisa?*
    Qual foi o tema da pesquisa?*

    * Ao enviar esta solicitação você concorda com os termos e política de privacidade do site.

    Sua solicitação foi enviada com sucesso.

    teste

    Entrevistados

    Todo mês, realizamos milhares de entrevistas no País para compor os painéis de audiência de TV, responder às pesquisas de consumo dos meios e fomentar outros estudos.

    Em todos os casos, a confidencialidade do entrevistado é garantida por lei. As informações coletadas são utilizadas apenas em análises coletivas, nas quais os dados pessoais ou opiniões individuais dos participantes nunca são repassados ou divulgados em nenhuma hipótese.

    As nossas entrevistas são realizadas face a face, por telefone ou via online. Caso seja abordado por um dos nossos entrevistadores e deseje confirmar a veracidade da pesquisa, disponibilizamos uma lista de contatos de acordo com as áreas dos nossos estudos:

    Entrevistas sobre hábitos de consumo de mídia e produtos
    ou Levantamento Socioeconômico:
    0800 770 0999
    Entrevista face a face ou por telefone para pesquisa de consumo
    de rádio, jornal e outros meios
    0800 771 7713
    Recrutamento para painel de audiência de TV
    08000 111 830
    teste

    Orçamento de Produtos

    Para que possamos melhor atendê-lo, solicitamos que nos forneça algumas informações sobre você, sua empresa e as suas necessidades, através do preenchimento do formulário abaixo.

    Já contratou serviços de pesquisa alguma vez?*

    * Ao enviar esta solicitação você concorda com os termos e política de privacidade do site.

    Sua solicitação foi enviada com sucesso.

    teste

    Imprensa

    Para obter mais informações sobre a atuação e soluções da Kantar IBOPE Media e solicitar inclusão em nosso mailing de imprensa, utilize os contatos abaixo:

    AD Comunicação e Marketing Assessoria de Imprensa da Kantar IBOPE Media e IBOPE Repucom

    T +55 (11) 3042-6442

    Comunicação institucional Kantar IBOPE Media

    Cookie Consent with Real Cookie Banner